Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2013

Natal na velha Vista Alegre

Neste Natal, fui levar meu pai para rever o lugar onde ele havia passado a infância. Seria o vilarejo da Vista Alegre, que fica ali na BR, perto de Lages mas fora do perímetro urbano. No início eu pensei que fosse onde hoje é o bairro Vista Alegre, que fica lá do outro lado, onde tem o EMEB Madalena, e coisa. Mas não; era pro outro lado.

O vilarejo da Vista Alegre surgiu porque tinha uma pedreira enorme lá, e aí tinha a vizinhança das famílias dos trabalhadores que iam lá e dinamitavam a pedreira pra tirar as pedras. Mais ou menos isso, pelo que eu entendi. Meu pai morou lá durante um bom tempo e ia estudar em Lages todos os dias, um tempo um pouco desgastante de viagem, eu imagino.

Passamos pela frente de onde era a entrada da localidade, no entanto meu pai não reconheceu. Fomos até o retorno no trevo do Capão Alto, e retornando, encontramos a então entrada.




Para nossa surpresa, não havia mais casas lá. Tudo que havia era de uma empresa que se instalou no local. Mas valeu a pena a v…

No-Poo

Este post pode parecer gay. E, não, eu não sou vaidoso.

Já faz quase três meses que não uso mais xampu.
Depois que li este artigo fiquei curioso para saber se realmente eu poderia simplesmente deixar de usar o xampu na limpeza dos cabelos e passar a utilizar um pouco de bicarbonato de sódio e vinagre de maçã (blargh!).

Comecei a fazê-lo e depois de quase três meses posso dizer que... dá na mesma, então a ideia é bacana.

Pelo que eu pesquisei na internet, o xampu convencional "vicia" o cabelo, pois inibe o couro cabeludo de produzir óleos. Puxa, esses óleos são essenciais para a proteção do próprio cabelo, eles são do bem e não cheiram mal. Então nesse caso você passa a depender do xampu para a proteção. Ou, melhor, citando o artigo do Wikihow:
O xampu remove os óleos que previnem o acúmulo de sujeira, deixando seu cabelo seco. Quando seu cabelo tenta recuperar esses óleos, ele faz uma recompensa exagerada e fica oleoso. O xampu é uma invenção recente, se pararmos para um bre…

Jesus and Family

Por Tazi-sam (DeviantArt)

:3

Feliz Natal

Ah, eu não estou com espírito festivo.
Natal, que coisa chata.
Sei lá, está tudo errado no mundo e as pessoas festejam, cultuando-se a si mesmas como se o mundo fosse acabar amanhã. Bebem e comem um monte, parecem que querem se entorpecer.
E eu nem vou falar do consumismo, até porque esse assunto está muito batido.
Não sei, talvez eu só esteja sensibilizado pelo "espírito de natal". Espírito com letra minúscula e natal também. Mas queria estar sensibilizado de uma maneira mais agradável.
Mas a minha vontade mesmo é de fugir para um lugar bem longe, tipo, orar no monte. Sei lá.

Agora uma citação do desenho do Pica-Pau que reflete o espírito de natal com letra minúscula:


Realmente, não há vagas.

Feliz Natal.

Freeganismo

Já pensou?
E se parássemos de apoiar este modelo de mercado em crise e adotássemos um novo conceito de sociedade, onde vivamos com o mínimo necessário, e... comêssemos do lixo?



Bem, na teoria parece muito bom. É legal, a causa é bem nobre.

O freeganismo é um movimento que iniciou nos Estados Unidos como forma de boicotar o modelo capitalista insustentável da economia. Deste modo, os freegans tornaram-se pessoas que sobrevivem consumindo o mínimo necessário, e vivem basicamente de alimentos e objetos que as pessoas jogam fora, e que ainda possuem utilidade. Então, como existem muitas pessoas que desperdiçam muita coisa que ainda servem, seja para comprar outro melhor ou simplesmente porque enjoou, os freegans conseguem sobreviver sem maiores dificuldades. Ainda mais lá pros lados dos States que as pessoas desperdiçam mesmo.

Os freegans não são moradores de rua nem mendigos. São pessoas que trabalham, e geralmente moram em prédios abandonados. Eles poderiam viver de maneira diferente, s…

Vegetarianismo, veganismo e cristianismo

Rapidinho, que já está na hora de dormir e amanhã é segunda...
Hoje, vendo este vídeo, descobri essa banda de... rock? (Desculpe minha ignorância, não conheço as vertentes do hard rock, metal e essas coisas) Uma banda cristã que fez em 1990 uma música que fala sobre... maltrato aos animais, de um ponto de vista cristão e de uma forma sensata e inteligente. Puxa, que moderno! Uma coisa que ainda não se fala nas igrejas nos tempos de hoje, já era retratado há mais de vinte anos atrás.

Jeffrey e Gilmer

Por SeltzerAddict (DeviantArt)




:3

Objetos abstratos sendo descriptografados com a força da mente

Me chamou para me lembrar de coisas que só fazem sentido para mim.
Talvez tenha coisas que só são sagradas para mim.
Na verdade as coisas só fazem sentido quando são interpretadas de uma determinada maneira.
O objeto é a chave pública, eu sou a chave privada. Tudo só faz sentido se for descriptografado corretamente. Senão será uma sequência de caracteres sem sentido.
Onde está a visão? Será nos olhos, no objeto a ser visto, ou na luz? Pois se algum destes três vier a faltar, não existe visão.
Talvez o mundo seja mais estranho que o Codex Seraphianus.
Tudo isso que escrevi até agora pode não fazer sentido para você, mas para mim também não.

Quê?

Ah, é. Estou quase há um ano sem Facebook, e estou com vontade de fazer outra conta. Passou a parecer útil. Mas acho que vou esperar completar um ano só de birra. Ou talvez nem faça.

Enfim,
Da hora a vida.




Vou fazer faculdade

Então, o menino tímido dos ombros curvados, de barba e de camisa polo, vai entrar no curso de Sistemas de Informação.

Estou um pouco aflito, confesso. Estou pedindo a Deus para que eu tenha alguma amizade na faculdade. Passar quatro anos em um "cada um por si" deve ser muito ruim. Enfim, só vou saber na hora. E, a Uniplac me dá ataques de timidez, é sério. Tem pessoas lá. E são jovens, universitários e descolados. Brrr! Que coisa, não?

E, sim, estou com o coração na mão, pois precisarei me afastar da igreja às segundas e quartas, onde faço parte da banda na congregação do Novo Milênio. Tive que escolher entre razão e emoção. Enfim, eu pedi muita confirmação de Deus nisto também e acredito estar certo. Vou em paz. Mas isso não quer dizer que eu não esteja um pouco reflexivo por não poder dar continuidade no trabalho que estou fazendo -- pela misericórdia de Deus -- na igreja. Pelo menos, não como gostaria.

E também tenho me preparado psicologicamente para pagar mensalidade, …

...

...

Visita a um CEIM

Eu nunca me dei bem com crianças.
É verdade, eu não sou nada carismático; não que eu não goste de crianças, dependendo até gosto, mas... elas não gostam de mim umas hora. Mas isso não me incomoda muito.

Hoje aconteceu uma coisa bem engraçada. Fui a um CEIM (ou chame de creche se quiser) para fazer uma instalação de internet. Já fui em alguns CEIMs, mas geralmente não tenho contato com as crianças. Mas neste eu entrei na sala dos pequenos. Aí a prof chamou a atenção deles dizendo: "Gente, vocês fiquem comportados, façam silêncio, que tem um 'tio' aqui, chegou visita!"
Depois disso houve uns segundos de silêncio. Aí um piazinho falou lá atrás: "...Eu tenho medo da visita!".

Hahah, eu achei muito engraçado. Não quis mais nada. Esse é o meu trabalho agora, sair por aí pra assustar as criancinhas...

Agora, uma breve citação:

"Não admito que falem que eu maltrato os meus boizinhos..." (PRETA, Boi da Cara, 2013)

Interface amigável com o usuário

Um novo conceito.
Olha a carinha do Word...

A Lenda do Herói

Por Marcos Castro

Pensei que "herói" não tivesse mais acento.

Saudades de quando eu escrevia posts com conteúdo.

Que é isso, Google?

PS.: Troquei o Google Chrome pelo Mozilla Firefox há algum tempo, e estou muito satisfeito.

Startec (1)

Fui a duas palestras do Startec, onde tive a oportunidade de assistir algumas palestras sobre as áreas de TI.
O evento estava ótimo, quer dizer, ainda não terminou, mas as palestras de amanhã são para um público muito específico da área de desenvolvimento, então eu não me inscrivi neste dia.

Muito proveitoso, realmente o preço que paguei foi só simbólico, devido ao alto valor agregado das palestras. E serviu para reavivar a vontade de fazer algo novo voltado à tecnologia.

Estou compartilhando as notas que tomei da primeira palestra, de Rafael Assunção, que trata sobre o que fazer e o que não fazer em uma startup (empresa em fase em que se busca o modelo de negócio da mesma).

https://www.evernote.com/shard/s232/sh/cab4e04b-13a4-4cc0-9361-b7fd8e90477d/7ac5905e107d5827d975a148fa09d9d7

WD-40

Hoje tirei uns minutos do dia para passar WD-40 nas fechaduras do carro.
Meu Deus! Que coisa esplêndida! É como Coca-Cola, serve para tudo, menos para tomar.

Resolve tudo!
Tudo!


A propósito, tem um cheirinho muito gostoso.

Edit: Acabo de conseguir ressuscitar uma placa-mãe com WD-40.

Eu detesto atender telefone

Interrupções! Interrupções! Interrupções!
Isso acaba com a minha produtividade.

Agora estou em casa quase às nove da noite, na cozinha e em frente ao meu notebook, onde estou pensando em tantas coisas que poderia fazer no trabalho, e não pude fazer o dia inteiro, sabe por quê? Por causa das interrupções!

Ah, e trabalhar até mais tarde é bom. Sim, bom, porque aí depois das seis o telefone não toca e eu tenho oportunidade de aproveitar o tempo.

Quem sabe se um dia as pessoas realmente aprendessem a usar ferramentas simples como o bom e velho e-mail (que não sai de moda nunca).

Observação. Gostaria de ter uma liberdade de trabalhar quando quisesse, tipo, em casa, ou em um notebook viajando para a praia, sei lá. Mas quem sabe um dia. Que utópico!

Ah, é, comprei meus ingressos para ir às palestras da StarTec, dias 03 e 04 de outubro. Estou ansioso, pois não costumo ir a eventos ligados à tecnologia. Na verdade eu acho que nunca fui a uma conferência assim. Como estava barato não pude perde…

Status atual

Estou feliz.
Estou escutando algumas gravações do Statesmen Quartet de 1955 que baixei via torrent.
Fantástico! Tão moderno...
Viva a interntet, onde eu posso buscar aquilo que realmente gosto. Já a televisão... Pfff...

Enfim,

Hino de Lages

Sob um céu recamado de estrelas
Surge um astro nitente a fulgir,
É da pátria liberta a conquista
Que nos leva a prever bom porvir
Desprendei, liberdade anelada,
Desprendei um sorriso de amor
Daí ao povo de Lages a crença,
O civismo, a coragem, o valor

Neste dia formoso em que a festa
A nossa alma de encantos seduz,
Nos ensina que a luz do progresso
A porvir glorioso conduz
Desprendei, liberdade anelada,
Desprendei um sorriso de amor
Daí ao povo de Lages a crença,
O civismo, a coragem, o valor

Entre flores gentis, nacaradas
Como as cores que adornam arrebóis,
Um conjunto de eternas venturas
Lá do céu cairá sobre nós
Desprendei, liberdade anelada,
Desprendei um sorriso de amor
Daí ao povo de Lages a crença,
O civismo, a coragem, o valor
Agora eu te pergunto, Percival, do que que esse hino tá falando?! É meio profético.
Seria uma visão de alguém que fez uso de alucinógenos?
Seria uma descrição do Apocalipse? (ou do Natal?)
Seria um monte de palavras bonitas?

Desculpe minha ignorância.
Agora vou diz…

Viva a tecnologia!

Às vezes dá medo de pensar o tanto que a tecnologia pode nos atrapalhar certas vezes. Principalmente porque esse é o meu trabalho. E principalmente porque eu só tenho trabalho porque as coisas às vezes param de funcionar.


Mas pude perceber isso de maneira mais clara um dia que fomos a um supermercado, que estava com o sistema "louco". Mudava o preço de alguns produtos, todos para R$15,99. As filas estavam enormes. Não quero criticar o supermercado, nem a empresa proprietária do software em questão (que eu nem sei quem é), até porque estas coisas acontecem; mas isso me fez refletir uma coisa que eu já sabia, mas que pude entender melhor neste ponto:
Tecnologia é uma coisa que te mostra algo bom, aí em troca disso você passa a depender dela. Dali a mais um tempo você passa a ser dominado por ela. E aí, meu amigo, é tarde demais.
Ainda mais agora, com essa folia que todos os jornais mostram da espionagem dos Estados Unidos (blarg!) em dados "confidenciais" do Brasil, …

Hoje eu acordei com uma vontade estranha

De voltar atrás e fazer tudo (ou pelo menos algo) diferente. Aí eu refleti uns minutos sobre o que realmente mudaria se assim eu fizesse. Não que eu me arrependa de como fiz as coisas até agora, mas hoje eu acordei com essa sensação. Eu sempre tive uma forte convicção de que não faria nada diferente, mas hoje parece que essa verdade pareceu questionável.
Enfim, estou gravando uma música, em ritmo de bossa nova. Eu já a havia gravado, mas agora peguei emprestado o violão novo do pai, que é muito bom. Com um baixo acústico sequenciado e uma bateria montada exclusivamente com o som retrô dos anos 70. O meu modesto computador começa a travar tudo quando começo a gravar lá pela quarta faixa. Meu homestudio só vai ficar bom mesmo quando eu tiver condições de comprar um computador melhor. (Quem sabe um dia eu possa ter um Macbook?) Porque para Deus nada é impossível [Lucas 1:37] Ah, é. Tenho que preparar alguma canção para cantar no festival da igreja, que vai ser no dia 31, onde vou ter opo…

Gugu Voador

Mais um clássico do Youtube Poop no meu blog.


♪ Dont stop me nowww.. ♫

Comprei um carro

Estou muito feliz. Graças a Deus, pude comprar meu primeiro carrinho. :3 É um Mille Fire Economy 2010, que o Gustavo, filho da Carmen, me vendeu na Fiat.

Sobre o carro, é bem melhor do que eu esperava! É que eu pensava que o Mille "não funcionava" na subida, e que por isso era um carro fraco, mas acabei constando que até que é bem machinho o bicho. Apesar de ser bem básico, é bem mais do que eu necessito no momento. E eu espero ficar com ele por muito, muito tempo. Ora, um carro serve para te transportar, para quê eu vou querer comprar outro, e depois outro, e outro?... A não ser, claro, que até lá eu tenha muito dinheiro sobrando, se não, seria só para alimentar vaidade. Não sei se estou sendo claro. Talvez eu esteja errado, mas este é meu ponto de vista atual, embora eu ainda não entenda nada sobre carros.
Na verdade estou pedindo a Deus e para mim mesmo, para que isto não venha a me tornar, mesmo que por um momento, uma pessoa soberba. E também para que eu não "idol…

Eu jamais vou me esquecer

Isso já faz alguns anos.
Não era um dia de culto. Era um sábado ou domingo, não lembro bem.
A irmã Estela promoveu uma tarde com os jovens (leia-se crianças) da congregação para fazer algumas brincadeiras, para variar um pouco. Eu fui para participar e dar uma força também.
Peguei o ônibus do Santa Catarina, e, um pouco "bem" atrasado, por causa que não sabia bem ao certo os horários da linha. Planejava entrar de mansinho sem chamar a atenção, e sentar no fundo (também por causa daquela conhecida timidez).
Me surpreendi quando desci a ladeira da entrada do bairro, quando alguns meninos saíram à rua correndo ao meu encontro, e me abraçaram gritando "o tio Rafa é do nosso time!".

Não conto isso para mostrar que na ocasião fui querido ou que ainda o sou, mas porque realmente me marcou, foi algo novo e inesperado. Tá, não parece tão especial, mas foi. Demais.

E as pessoas ainda procuram a paz.

Glorificado seja Deus.

Câmeras de segurança de carros flagram gentilezas

VIII Congresso da Educação

Acabo de chegar em casa do Oitavo Congresso da Educação. Estou muito cansado mas com a convicção de que valeu a pena. Os palestrantes são muito bons, e o evento estava bem organizado, eu acredito. Este ano, minha função não permitiu que eu assistisse as palestras de modo integral, mas o pouco que assisti, gostei muito. É empolgante trabalhar com educação, e eu jamais havia pensado há alguns anos atrás que trabalharia.
Enfim, isto é tudo o que quero dizer sobre o assunto.

E também comecei a usar novamente minha conta no Instagram. Parece uma rede social muito legal, pois gira em torno de fotos. Só fotos. Não como as "fotos" do Facebook, onde a maioria são só a oportunidade de postar texto com fonte maior. São fotos de verdade, com efeitos que deixam qualquer lixo bonito. E não é poluído, parece bom.

http://instagram.com/tiorafaa

Vegetarianism

Vegetarianism is the practice of not eating meat or fish. People who follow vegetarianism are called vegetarians. Vegetarians eat foods like vegetablesfruitsnutsbeans and grains. Some vegetarians eat or drink animal products, like milk and eggs. They are called lacto-ovo vegetarians. Vegetarian people usually like tofu, falafel and other meat substitutes. There are many reasons for not eating meat. Some think that it is wrong to kill animals; others think that eating meat is bad for their health or the world. This is because land used for animals can be used to grow food. Some people may become vegetarians because their religion says not to eat animals. Vegetarians who do not eat milk and eggs are called vegans. Vegans also often will not use animal products like leather, but many vegetarians do use animal products. Some people who call themselves vegetarians and eat fish or sea food are not vegetarians, because fish and sea creatures are also animals. Such people are sometimes …

Na espera da autoescola (2)

Ficou legal o desenho photoshopado em uma moldura do 1,99 no meu quarto.
Ah, consegui imprimir graças a um kit de recarga de cartucho do tipo "faça-você-mesmo" que minha vizinha gentilmente comprou para mim em Correia Pinto.


Remédio caseiro para rinite

Simples e eficaz!

Ah, este vídeo pode ter sotaques estranhos.

Ateus,

Gosto muito de vocês, mas, com todo o respeito e não generalizando, acho que vocês deveriam falar mais sobre o vosso ateísmo, e menos da religião dos outros.

Palavras formidáveis delicadamente pronunciadas insofismavelmente em um sábado à noite

Assunto 1: Agora, já melhor restaurado, me sinto com um ânimo insofismavelmente inabalável.
Estou me sentindo mais feliz. Uma quase moribunda esperança se levantou e agora eu não sei o que vai acontecer, mas sei que será bom, perfeito e agradável. E fui lembrado de que levar as coisas a sério é fundamental.

Assunto 2: Apesar de não ter participado, fiquei alegre a respeito das manifestações na cidade, que reuniu de fato muita gente. Só que acho que faltou um motivo mais específico para tudo isso. Se toda essa gente se reunisse em um só ideal com certeza conseguiria ir ainda mais longe. E, como diria Forrest Gump, isto é tudo o que eu quero falar sobre isto. Ah, não, péra! Deixa eu mostrar essa foto que me fez rir no trabalho.


Assunto C: Ah, comprei um PlayStation 2. Não sei ainda se vou ter tempo pra jogar, na verdade, mas quando estiver estressado talvez seja bom para aliviar. Afinal, faz muito tempo que eu não jogo mais nada de jogo eletrônico nenhum.

Assunto 1.1: Estou quase termin…

O aniversário do Jonas

Tão artístico que é difícil de entender
Mas é fácil de decifrar
Estou arrepiado
E com medo
Com os músculos tensos
E com a cabeça em loop

Gostaria de fazer algo tão artístico algum dia
Só que menos confuso
E menos triste

A propósito, como é interessante que nós só enxergamos as divisões entre as pessoas quando estas ultrapassam o nosso ponto de vista (mortal e limitado, devo dizer).

Sem mais. Argh!

Postagem sem conteúdo

O trecho a seguir não possui conteúdo, você vai (ou melhor, eu vou) perder tempo lendo.

Queria que todos os meus amigos tivessem um blog.
Isto não acontece, claro, mas enfim, essa é a vida.
Uma vez eu tinha um perfil no Orkut. E lembro que naquele tempo eu tinha poucos "amigos" na rede porque a maioria dos meus amigos não tinham cadastro. E naquele tempo era necessário ser convidado para entrar, tipo uma maçonaria digital.

"Wanna be a member? Wanna be a member?" (chefe de uma sociedade secreta para o pobre cãozinho Bimbo)
Enfim, o desenho acima é... sei lá, assustador (e dá uma agonia de ver).

Às vezes eu sinto falta de ter um perfil no Facebook. É que tem muita gente postando coisas a respeito de diversos assuntos sobre os quais eu não tenho mais acesso. Enfim, ainda acredito que 90% não é aproveitável. Mas estou perdendo contato com meus amigos, parece. Mas ainda não quero voltar para o Face.


Ah, assisti novamente (e baixei) o filme completo do João Amorim, seu g…

Bible.is

Bem, encontrei um projeto muito bacana que disponibiliza a Bíblia em áudio em muitos idiomas. Em português há somente o Novo Testamento, mas tem cinco traduções diferentes em áudio.
Ah, e é dramatizado, muito gostoso de ouvir. Agora, sim, posso escutar a Bíblia enquanto vou ao trabalho e isto tem sido muito interessante, pois tem me feito ver Jesus de maneira diferente. Isto que só ouvi Mateus, Marcos e estou no final de Lucas.

(Aqui havia dois parágrafos que removi. Você irá morrer sem saber o que estava escrito)
Mas o foco é este: o conhecimento melhor fundamentado do Evangelho tem sido para mim algo muito edificador.

"Ninguém pode ficar indiferente ao Homem de Nazaré" (Banda Ágape - Marcas)
Enfim, eis aí o link. Para mim foi de grande valia. E, posso dizer, que o conhecimento das Escrituras pode mudar sim o seu modo de pensar.

http://bible.is

Na espera da autoescola

O desenho que fiz em alguns momentos em que aguardava o início das aulas da autoescola, ou durante o intervalo. Esperando o professor esotérico-alquimista-transcendental iniciar a aula de meio-ambiente, esoterismo ou legislação, não lembro bem... Falarei do professor outro dia com muito prazer.

CONAE 2014

Esta terça aconteceu a CONAE Municipal 2014, que contou com a presença muito legal de várias pessoas legais discutindo sobre assuntos legais ligados a um plano de educação para todo o Brasil.
http://www.lages.sc.gov.br/site_novo/noticias.php?id_noticia=845
Conclusões:Dormir bem ajudou muito;Descobri que alguns colegas são bons em matéria de montar datashow e foram bem empenhados também;Tem uma lanchonete na Uniplac que vende coisas bem baratas;Cansei, valeu a pena;Deu muita vontade de fazer faculdade;Trabalho em equipe é legal. Quando a "Equipe Educação" se une, só sai coisa boa.

Pare, olhe, escute

O cachorro na porta do supermercado

O cachorro na porta do supermercado
Olha as crianças passando
Ele tem vontade de pedir um biscoito
Mas tem medo de levar um pontapé

O cachorro na porta do supermercado
Vai em direção ao garoto
Mas hesita
Então pensa de novo em ir
E hesita de novo

Lembra-se das situações que já sofreu,
Lembra de quando apanhou
E de quando quase foi atropelado
Mas ele está com fome

O cachorro na porta do supermercado
Tem medo. Medo de ser feliz.
O cachorro na porta do supermercado somos nós.

A merenda hoje é sopa amarela (1)

Deletei meu perfil no Facebook e também no Tweeter. Mas o orkut permanece. Sabe por quê?

"Ah, vá tomar..." -- Foi o que eu pensei quando vi estas fotos.
Encontrei-as no perfil do Tiago. Que saudades desse tempo.
Agora achei um novo tema.
Tenho muitas saudades desse tempo, onde não tinha muito o que fazer a não ser o estudo Coleginhal e falar besteira com os amigos. Era muito bom mesmo.









Enfim, não tenho muito o que dizer. Talvez eu escreva um post sobre a turma, uma hora que tiver mais tempo, pois são muitas histórias pra contar e se for lembrar de todas... Vish! Enfim, valeu a lembrança.

Bon

Rio

de quem compra um carro, rebaixa e passa com cuidado na lombada.
Não é engraçado?

Não, então imagina um cara que compra um carro, coloca uma sonzera no chevetão, e sai por aí no último volume tocando... blues e bossa nova.
É, mas isso eu nunca vi.

</musique non stop>
<end of posting/>

Show Gospel?

Acabei encontrando o canal desse bispo aqui, muito bom, seus vídeos são edificantes e trazem uma série de questões <cristãs/religiosas/bíblicas/>.
Entre os vídeos que eu mais gostei, tem este, no qual disserta sobre "show gospel". Concordo plenamente com seu ponto de vista (ainda mais que ele também gosta de bossa nova).


P.S.: Eu não tenho um boneco do Thalles.

Vinte e um anos e Interior

Nesta quarta-feira fiz aniversário, ou, como diria o Soleu, troquei de idade. Vinte e um aninhos, um piá.
Enfim, foi legal, mais um dia na verdade. Passei trabalhando, não pude compensar como no ano passado. Fui em duas escolas no interior pela manhã, com o Rodrigo e o Gilson. Foi legal, é muito bom ir pro sítio, mesmo que seja a trabalho.






O rio, as árvores, as crianças tranquilas tendo aula no sol, a professora que toca violão, o chá de maçã e o suco de... que mesmo? Ah... Será que eles não precisam de um técnico efetivo por lá? Bem, chega de viadagem. O importante é que o serviço foi feito.

Quero postar algo legal

Tipo, que tenha conteúdo, paixão, sinceridade.
Mas tenho andado rodeado de trabalho por todos os lados e isto tem me tirado um pouco a criatividade.
Minha carteira de motorista permissão para dirigir chegou, e, até então não mudou nada na minha vida, porque não tenho carro, meu pai não tem carro, meu avô é falecido e não conheci meu bisavô.
Viu? Essa última frase não foi criativa.
Quando tenho tempo, pesquiso alguns vídeos de J. D. Sumner no Youtube. Passou a ser meu cantor favorito, o baixo do Elvis Presley em seus álbuns de música gospel e famoso no quarteto The Stamps, considerado o cantor com a voz mais grave do mundo.


Enfim, em breve farei vinte e um anos. Mas agora pouco importa, pois, daqui pra frente, a idade não significa grandes coisas. Só o que muda é que agora posso comprar uma arma. Mas, sei lá, talvez seja bom. Vamos ver.

Tentei comprar o Reason Essentials (software de edição musical), não obtendo sucesso, porque a Propellerhead não vende para o Brasil (depois reclamam n…

Gospel

Fique registrado para a posteridade, para quando eu ler o meu blog daqui há dez anos se o Google não resolver tirar do ar o serviço.
"O Gospel", como eu acho que deveria ser.


Ubuntu 13.04

Estou testando o beta, muito satisfeito até então.
Está mais leve, e mais bonito.
Dia dezoito sai a versão final, que pretendo baixar.


Tenho usado Linux a maioria das vezes, em casa. Já no trabalho uso 90% Windows.
O que é legal no Linux é a sensação de liberdade. Hein? Pois é, não faz sentido, mas é mais ou menos isso. Coisa de nerd mesmo.
Mas tem a ver com liberdade de usar um sistema sem pagar nada por ele e nem piratear nada, além de poder modificá-lo se quiser, e redistribui-lo. Esta é uma ideia promissora, umas hora.
E o Ubuntu é muito bonito, tipo, parece o Mac umas hora.
Chega desse assunto.

Ônibus

É legal andar de ônibus. Graças a Deus, o Petrópolis atualmente é muito bem servido nos horários de ônibus, e o motorista é gente boa. Só o preço da passagem que não é dos melhores, uma vez que o bairro não é muito distante do centro. Eu acredito no transporte público. Assim como acredito na bicicleta. Mas as pessoas pobres acham que é coisa de pobre. De qualquer forma, eu ainda acredito que comprar um carro, hoje, ainda é a melhor solução de transporte.


Eu não tenho vergonha de usar camisa social e notebook no ônibus. Quem deveria ter vergonha é quem ouve pseudofunk em alto volume.

O Guia dos Motoqueiros das Galáxias, parte 3

Novamente, estou digitando do celular. Mas agora estou muito o teclado SwiftKey que baixei e torna a digitação muito mais fácil. Enfim, este não é o foco.

Agora são onze horas. Hoje é o dia do reteste da moto. Já estou me preparando para pegar o ônibus.

Orei a Deus e estou confiante que dessa vez vou passar. Dessa vez eu preferi deixar o almoço para depois do teste, uma vez que preciso estar lá ao meio dia. Está frio. O ônibus chegou. Estou ouvindo "Vem esta é a hora" do Vineyard, tão congregacional. Agora estamos passando pela frente da Educação. Bem, eu consegui tirar o dia de folga pois havia trabalhado alguns finais de semana no ano passado. Quem pensa que funcionário público não trabalha não conhece o nosso setor!

Estou... digressando um pouco. Acho que é essa a palavra. Eu pesquisei no Google o que significa "digressão" por causa do título do blog da Ana, e descobri que um nome certinho para a expressão "encher linguiça".

Agora subi no ônibus Do…

Sax

Chorei.

Estou feliz com o meu trabalho

Não é legal falar muito em detalhes sobre o meu trabalho, pois é em empresa pública e algumas informações não deveriam estar tão explícitas.

Mas estou feliz, temos um estagiário agora que está nos ajudando bastante; estamos implantando um sistema de recuperação que vai ser bom também; e montei meu primeiro servidorzinho Linux que vai servir para algo de verdade.

Fiz minha conta da Caixa também (muito faceiro por sinal). A Caixa é um banco disparadamente melhor que o Itau. E, quem é que vai conseguir ser melhor que um banco do governo? E, é o único banco que ganha dinheiro explorando jogos de azar! Enfim, e as taxas para empréstimo são baixas.

Meu home studio (2)

Fiz algumas mudanças, conseguindo colocar o teclado ao lado do computador. Agora sim. Ainda quero pendurar o violão ali do lado do guarda-chuva quando tiver tempo.
Pena que meus fones de ouvido estragaram e estão na garantia. Mas logo já devem voltar.
Ah, e também pretendo comprar um programa de edição profissional, o Reason Essentials, que é carinho mas é muito, muito intuitivo e rápido para transformar ideias em composições.

Na verdade eu ainda não entendi bem o porquê que eu gostaria de ter um estúdio em casa. Talvez seja um hobby, sei lá. Eu gosto de música, mas gosto mais de gravar do que tocar ao vivo. Até porque na música de estúdio você tem condições de deixá-la como realmente ela deve ser.

Quem sabe alguma hora sai alguma composição de verdade... Vou postar quando surgir.


Torre De Oração

Ontem (ou anteontem) a irmã Zenilda me ligou para saber a que horas eu poderia comparecer à Torre de Oração. É assim: a igreja fica aberta das oito da manhã de sábado até as oito da manhã de domingo, 24 horas para oração. E cada obreiro fica por uma hora, tipo um plantão, e qualquer um pode entrar nesse meio tempo para orar por quanto tempo quiser.
Aí eu fiquei das quatro às cinco da tarde (preferi deixar os horários da madrugada para os mais fortes). Foi muito legal. Uma hora de oração passou muito mais rápido do que eu imaginava. Bem, na verdade foram cinquenta minutos, uma vez que eu cheguei atrasado em dez minutos.
Orei por alguns temas mas especialmente pela minha mãe, que tinha amanhecido com dores na coluna e na perna. Mas quando cheguei em casa ela já estava melhor, graças a Deus.
Buscar intimidade com Deus é uma coisa difícil. As coisas desse mundo te distraem de tal forma que você acaba esquecendo de Deus. Não é a toa que para o jovem cristão uma das coisas mais difíceis é…

Abraços Grátis! (2)

Achei o vídeo :3

Muito lindo, legal mesmo. E passa a ideia que ainda se tem motivo para acreditar nas pessoas.

Texto muito importante

A nível organizacional, o surgimento do comércio virtual maximiza as possibilidades por conta dos relacionamentos verticais entre as hierarquias. Gostaria de enfatizar que a execução dos pontos do programa possibilita uma melhor visão global das diretrizes de desenvolvimento para o futuro. O incentivo ao avanço tecnológico, assim como o desafiador cenário globalizado deve passar por modificações independentemente dos modos de operação convencionais. Por conseguinte, a crescente influência da mídia estende o alcance e a importância das novas proposições.


Nunca é demais lembrar o peso e o significado destes problemas, uma vez que a expansão dos mercados mundiais aponta para a melhoria das direções preferenciais no sentido do progresso. É claro que o entendimento das metas propostas é uma das consequências do impacto na agilidade decisória. Todas estas questões, devidamente ponderadas, levantam dúvidas sobre se a valorização de fatores subjetivos ainda não demonstrou convincentemente que…