sábado, 9 de março de 2013

Torre De Oração

Ontem (ou anteontem) a irmã Zenilda me ligou para saber a que horas eu poderia comparecer à Torre de Oração. É assim: a igreja fica aberta das oito da manhã de sábado até as oito da manhã de domingo, 24 horas para oração. E cada obreiro fica por uma hora, tipo um plantão, e qualquer um pode entrar nesse meio tempo para orar por quanto tempo quiser.
Aí eu fiquei das quatro às cinco da tarde (preferi deixar os horários da madrugada para os mais fortes). Foi muito legal. Uma hora de oração passou muito mais rápido do que eu imaginava. Bem, na verdade foram cinquenta minutos, uma vez que eu cheguei atrasado em dez minutos.
Orei por alguns temas mas especialmente pela minha mãe, que tinha amanhecido com dores na coluna e na perna. Mas quando cheguei em casa ela já estava melhor, graças a Deus.
Buscar intimidade com Deus é uma coisa difícil. As coisas desse mundo te distraem de tal forma que você acaba esquecendo de Deus. Não é a toa que para o jovem cristão uma das coisas mais difíceis é orar. Mas para mim foi uma experiência muito boa. Espero repetir no mês que vem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário