Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2016

Sobre a música

Eu já não consigo separar a música da espiritualidade.
Porque através da música que eu tento expressar minha mente mortal e limitada diante de Deus.
E diante desse relacionamento, acabo percebendo que a música é só um meio, e não o fim.
Mas que belo meio.

Um sonho que me deixou feliz

Eu estava em um lugar, que era muito maneiro.
Era no Centro Cultural Vidal Ramos, eu acho.
E tinha vários instrumentos em exposição.
Tinha teclados, guitarras, baixos, baterias...
Pianos...
Aí eu estava olhando e chegou uma moça que trabalhava lá e disse que eu poderia tocar, que aquele espaço era público e que todos os instrumentos poderiam ser usados pelos visitantes.

Eu já estava pensando em voltar lá para gravar alguma coisa.
Afinal, eu poderia voltar quando quisesse.

Porque sou contra a tributação de igrejas

O fato de existir um projeto de lei para tributação das entidades religiosas é lamentável.
Primeiro, pelos argumentos expostos, que, ao comparar igrejas com empresas, não fazem sentido para uma igreja "de verdade".  Segundo, pelo rumo que algumas "igrejas" tem tomado, que, ao se comportar como empresas, dão margem para que esses argumentos façam sentido.  Terceiro, porque o Estado há anos tem se mostrado ineficiente para administrar os impostos (né?), e nesse caso não seria diferente.  Quarto, porque fere a liberdade da comunidade, pois se alguém quer fazer uma doação a uma igreja, é àquela igreja e não ao Estado.  Quinto, porque simplesmente não vai resolver o problema proposto, que é o enriquecimento exacerbado de alguns líderes religiosos.

Sexto, porque, pelo contrário, esses líderes continuarão a existir e encontrarão nisto um motivo a mais para obter ainda mais dinheiro do povo.  Sétimo, porque as igrejas pequenas, às quais são as de maior atuação  nas comuni…

Primeiras impressões da faculdade - comentado após dois anos

Post original de 21 de março de 2014: http://tiorafaa.blogspot.com.br/2014/03/primeiras-impressoes-da-faculdade.html

É, sou um calouro universitário agora. Nem sou mais. Algumas coisas são como eu imaginava. Outras não, são melhores. Outras deixam a desejar. Não lembro mais quais são melhores. Ah, acho que era o Canal Direto. Enfim, tiraram do ar e colocaram um sistema que é bem lixo. Enfim, já imaginava que não adiantava imaginar muito. Mas é legal. Tem alguns momentos de não muita tristeza, sim. A primeiríssima impressão que tive foi que é muito cansativo. Trabalhar oito horas por dia e ainda ir pra faculdade à noite cansa bastante. E não tenho tempo para mais nada. Isso que não começaram a pedir trabalhos e outras coisas. Mas, conforme o tempo está passando (já estou estudando há um pouco mais que uma semana), parece que a gente já vai pegando o ritmo. Já se passaram dois anos e não peguei o ritmo. Mas vamos indo. Outra impressão que talvez eu venha desmistificar mais tarde, é que o po…

O espaço para a inovação no Reino de Deus

inovar verbo 1. transitivo direto tornar novo; renovar, restaurar. "inovou a pintura de sua casa" 2. transitivo direto e intransitivo introduzir novidade em; fazer algo como não era feito antes. "inovou a pintura de sua época"
Se eu pudesse resumir o livro "Os Caçadores de Deus" em uma frase, diria algo como "O risco de que o planejamento humano substitua a ação do Espírito de Deus". Já faz algum tempo que li o livro, mas isso foi o que mais me marcou. É um ótimo livro. Chorei muito. Se pudesse trazer um texto bíblico que falasse sobre isso, usaria Provérbios 16, versículos 1 a 3: Do homem são as preparações do coração, mas do SENHOR a resposta da língua.
Todos os caminhos do homem são puros aos seus olhos, mas o Senhor pesa o espírito.
Confia ao Senhor as tuas obras, e teus pensamentos serão estabelecidos. Ou seja, embora que muitas vezes somos levados a pensar que estamos criando cenários perfeitos para a manifestação de Deus, Ele próprio trata de …

A supremacia (ou não) das gerações modernas

Estava pensando como essa piazada que nasceu nos anos 2000 já são muito mais inteligentes que eu quando tinha 15 anos.
Talvez não mais inteligentes, mas são mais rápidos para determinadas coisas.

Tá, é claro que isso é natural, mas me faz sentir velho antes do tempo, porque esse tipo de crescimento no acesso à informação é exponencial. A aceleração é notável.

Escreveria mais uns parágrafos aqui mas hoje está tudo tão rápido que eu sei que ninguém leria mesmo.

Stickerbrush Symphony

Featuring David Wise playing sax.

Vale a pena

Leia também: O grupo de louvor do CEI do Novo MilênioSete anos Acabo de voltar de uma oportunidade de participar de um culto na congregação do Novo Milênio, onde alguns anos atrás pude dar passos importantes de fé em minha vida.
Meu Deus!
Sabe, não teve nada de extraordinário. Mas o Espírito Santo me trouxe à mente muitas coisas. Eu parecia uma criança de tanto chorar. Eu tenho a certeza de que tudo que passei nessa congregação valeu a pena, e hoje eu estou, sabe, não sei como dizer, mas é uma mistura de satisfação e tristeza. Eu não queria deixar de congregar lá. Lá foi onde pude conhecer mais a Deus e iniciar uma vida de maior intimidade com Ele. Mas ao mesmo tempo eu estou satisfeito porque tenho visto o quanto Deus tem agido na vida de cada um naquela igreja.
Eu lembrei de quando ia à igreja, sempre de carona, e quantas vezes o pb. irmão Antônio foi usado por Deus para me discipular. Foi uma verdadeira escola por entre as colinas verdejantes da estrada do Bela Vista. Me veio à men…

Estou aprendendo a adorar

Depois de uns oito anos na igreja (mais ou menos, não sou bom com datas), e a maioria desse tempo no grupo de louvor, estou aprendendo a adorar. Não que antes não soubesse, é que agora estou vivendo um tempo melhor, onde estou percebendo isso com maior clareza. Estou vivendo um tempo muito gostoso na fé. É muito bom poder sentir o quanto Deus te ama, esse amor incondicional que não olha para quem você é ou o que fez. E essa gratidão pelo que Deus é me leva a adorá-Lo. Em outras curtas palavras, estou vivendo um despertar. E eu estou gostando muito disso.
Ah, é, estou lendo "Os Caçadores de Deus". Um livro muito impactante, tem me ajudado muito. Não, não é um livro de autoajuda, creio que é um livro de ajuda do alto, se é que posso fazer esse trocadilho. Bem, está me ajudando e muito a abrir a minha mente para com aquilo que Deus pode fazer para demonstrar sua presença diante de nós, uma vez que nós nos coloquemos em posição de buscá-lo incessantemente, sem se contentar com …